Eixo comando de válvulas e kits

Preparação

  1. Verifique no eixo velho a letra (referência), que está estampada na face do comando (lado da chaveta) de acordo com as especificações originais.

  2. Limpe bem o cabeçote, principalmente os furos do alojamento dos tuchos hidráulicos, para não haver entupimento.

  3. Limpe bem o cárter do óleo, pois as peças velhas deixam partículas de metal em suspensão no óleo, que podem entupir os tuchos e ocasionar desgaste prematuro nas peças.

  4. Troque o óleo do motor e o filtro de óleo.

  5. Nunca misture no motor óleo sintético com óleo mineral.

  6. Apesar da extremidade do eixo comando ser chanfrado, tome cuidado para não danificar o vedador (retentor).

Procedimentos

  • A quebra do eixo comando de válvula (Monza - Corsa -Chevette), somente ocorre quando a parte superior do cabeçote ou alojamento do comando (gaiola) estiverem empenados.

  • Retire o alojamento do comando (gaiola) do cabeçote,coloque-o sobre uma superfície plana, e introduza nele o eixo comando novo,girando-o com a mão, caso não gire comprovará o empenamento do alojamento(gaiola).

  • Uma vez retirado o alojamento (gaiola), coloque uma régua metrélica perfeitamente reta sobre a parte superior do cabeçote e verifique se está empenado. A tolerância máxima admissível de empenamento é de 0,02 mm (dois centésimos de milímetro) num cabeçote usado, acima desta tolerância a possibilidade de quebra do eixo comando é quase certa; tanto os de nossa fabricação, como os originais.

  • Procure uma empresa especializada em cabeçotes para ver a possibilidade de recuperação deste cabeçote.

  • Após a recuperação, o cabeçote deverá estar perfeitamente alinhado em ambos os lados.

  • Coloque sobre o bloco do motor (como se fosse uma montagem normal) com juntas, parafusos, etc..., mas sem os balancins, escoras etuchos.

  • Aperte os parafusos com 50% do torque necessário e tente girar o comando (usando uma chave de fenda na chaveta), e se não girar livremente, o cabeçote continua empenado, e se for montado haverá conseqüentemente a quebra do eixo comando.

  • Aperte ,os parafusos na seqüência indicada abaixo e gradativamente: (2,50 kgm ou 18 Ibf. pé):

Procedimentos

Nota: Após o aperto especificado, gire o parafuso mais 180°,em 3 etapas: (60° + 60° + 60°), tomando como referência as arestas do sextavado da cabeça do parafuso, o aperto final do torquímetro deverá ser 6,5 a 7 kgm.

Montagem

  1. Troque os balancins e as escoras (a troca é necessária na substituição do eixo comando). (Use balancins e escoras de nossa fabricação ouoriginais).

  2. Não recomendamos o uso de tuchos usados. (não use peçasnovas com usadas).

  3. Troque a válvula de retenção do óleo, pois se não estiver vedando, o óleo descerá para o cárter, e quando o motor for novamente ligado,todos os componentes do cabeçote trabalharão a seco, provocando atrito e conseqüentemente o desgaste prematuro das peças.

  4. Coloque o óleo aditivado di-tiofosfato de zinco sobre oscames do eixo comando e sobre os balancins.

  5. Nunca efetue a montagem do eixo comando e dos balancinscom os tuchos travados, poderá haver a quebra dos balancins.

Garantia

  • Antes de formular sua reclamação, solicitamos a gentileza de verificar se a peça é de nossa fabricação, todos os nossos comandos são identificados com a marca Resolit.

  • Terão garantia sobre qualquer defeito de fabricação,todas as peças fabricadas pela Aplic-Resolit e que forem montadas dentro dos padrões e critérios desta instrução.

  • Esta garantia é válida por um período de 90 dias, a contar da data de emissão da nota fiscal de venda de seu revendedor.

  • Não aceitaremos devoluções de eixo comando de válvula quebrados, pois a quebra ocorre quando o cabeçote está empenado. (vide instruções).

Somente aceitaremos analisar possíveis devoluções de eixo comando, quando vierem com os balancins, escoras e tuchos que foramusados na montagem do motor.


Por Administrador - escrito em 14/1/2013 0:00:00
Categoria: Palestras